Conheça as ficções cristãs lançadas no Brasil

Não sabia que há uma biblioteca de ficções cristãs para você ler? Veja aqui uma lista completa com os títulos publicados em nosso país.

Frank Peretti que o Brasil não conhece

Saiba que Frank Peretti tem muito mais lá fora do que "Este Mundo Tenebroso". Veja quais sucessos dele ainda não deu as caras por aqui.

Leia a resenha de A Negociadora

Um dos grandes sucessos da escritora Dee Henderson é a série O'Malley. Saiba mais sobre esse primeiro livro da série.

Livro impresso "Ilusão"

Uma ficção cristã de suspense que você não vai para de ler até o final da história. Adquira já o livro impresso ou o eBook baratíssimo.

Tudo que tenho é Cristo

Assista a essa animação emocionante que nos mostra o que está reservado ao cristão que persevera até o fim.

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

FILME: “Deus não está morto 3” já está sendo produzido e sairá em breve



Essa foi a declaração do ator e cineasta David A.R. White é um dos responsáveis por grandes sucessos do cinema cristão. Um de seus maiores êxitos de bilheteria foi "Deus não está morto" (2014), que ganhou continuação em 2016.

Em entrevista recente, ele revelou ao The Christian Post que a franquia será uma trilogia. Como o final do segundo longa deixou espaço para uma continuação, White afirma que já estão trabalhando no roteiro.

White começou sua carreira como ator aos 19 anos. Contudo, seus maiores sucessos vieram quando ele começou a ser produtor. Sua carreira se consolidou quando, em 2014, sua empresa  Pure Flix Entertainment lançou "Deus não está morto", que se tornou um dos filmes independentes mais bem-sucedidos de todos os tempos.

Nascido e criado em uma comunidade rural menonita no estado do Kansas, ele assistiu seu primeiro filme no cinema aos 18 anos. Desde então sabia que Hollywood era o seu "chamado". Um ano depois aventurou-se na tentativa de mostrar que filmes com mensagem cristãs eram "viáveis", um grande desafio para a indústria cinematográfica.

"Minha fé foi a base que me deu a confiança que eu precisava, pois acreditava que sempre haveria uma razão maior para cada porta aberta ou fechada para mim. Até hoje minha fé é o centro da minha carreira. As decisões são pensadas cuidadosamente e tomadas após muita oração", revelou.

Após alguns anos fazendo pontas em programas de TV e filmes de menor expressão, ele se juntou a Michael Scott e Russell Wolfe, também evangélicos, para lançar a Pure Flix em 2005. Os desafios então passaram a ser arrecadação de fundos para produções independentes.

"Deus não está morto", por exemplo, tinha um orçamento de US$ 2 milhões. White ressalta que, no início, parecia impossível acreditar que eles conseguiriam. "Meu pai me ensinou desde cedo que Deus é fiel (Romanos 8:28), e que mesmo em meio a dificuldades ou ataques, Deus cuida de nós", ensina. O filme arrecadou mais de US$ 60 milhões em bilheteria somente nos EUA e alavancou a produtora a um patamar inédito em Hollywood.

Ele conta ainda que muita gente pediu uma terceira parte para o filme e que as decisões são tomadas após muita oração. "Não queremos apressar em produção, mas estamos entusiasmados com o que vem por aí", explica. As filmagens começam em 2017 e provavelmente só chegue às telas em 2018. "Sairá em breve", afirma ele, lembrando que o espaço entre o primeiro e o segundo foi de dois anos.

O produtor conta ainda que o próximo lançamento da Pureflix vai na mesma linha, embora seja uma história verdadeira e não uma ficção. Os fãs da série "Deus não está morto" poderão assistir, em março do ano que vem "Em defesa de Cristo", que conta a trajetória do jornalista Lee Strobel, um ateu que, ao tentar desmentir o Novo Testamento, acabou se convertendo e se tornou um apologeta renomado.

David White encerra dizendo que sua trajetória cheia de desafios lhe possibilitou estimular outros cristãos que têm "sonhos impossíveis". "Acredite e confie, porque Deus é fiel! Queria dizer-lhes isso: um sonho adiado não é um sonho negado. Afinal, Deus pode abençoá-lo com um sonho maior do que aquele que você já tinha. Ele fez isso por mim e pode fazer isso por você!".

Extraído de Cinema Gospel Prime.

PROMOÇÃO/ SORTEIO: HQ "O TERCEIRO DIA" - 100% CRISTÃO EDITORA (PARCERIA)




Olá, amados, de volta em nosso blog um super-sorteio! Desta vez será uma HQ cedida pela 100% Cristão Editora -- Especializada em quadrinhos cristãos! O sorteio será da HQ "O TERCEIRO DIA", da 100% Cristão Editora (UMA ILUSTRE PARCERIA COM O NOSSO CANAL). Para participar é só realizar as três tarefas abaixo.

1- PREENCHA O FORMULÁRIO: https://goo.gl/forms/mLzHdwMjVluo0v1B3

2- INSCREVA-SE NO CANAL: https://goo.gl/Xz9iqD

3- SIGA A EDITORA 100% CRISTÃO no Facebook: https://br.facebook.com/editoracemporcentocristao

O resultado será dia 25/02/2016 e será feito pelo site de sorteio randômico, como sempre faço nos sorteios por aqui. Participem e compartilhem. FORTE ABRAÇO!!

Abaixo coloco o vídeo explicando o sorteio:
https://www.youtube.com/watch?v=mLVGl6x7u2Y
www.youtube.com
and share it all with friends, family, and the world on YouTube.




terça-feira, 4 de outubro de 2016

FILME/ NACIONAL: Globo lançará filme sobre “Igreja do Diabo” (Era o que faltava!)

Globo lançará filme sobre Iozzi e Rosa numa comédia dos infernos

A maior produtora cinematográfica do Brasil, a Globo Filmes, subsidiária da Rede Globo de Televisão, está fazendo uma aposta arriscada. Acostumada aos sucessos de bilheteria de comédias estrelando artistas famosos pelas novelas, seu novo lançamento tenta fazer graça com o diabo.

Dirigido por Toni Venturi, o nome do filme é "A Comédia Divina", um trocadilho com o famoso livro de Dante Alighieri, sobre uma viagem ao inferno. A premissa do roteiro, segundo o material de divulgação é que o Diabo (Murilo Rosa) está preocupado com sua baixa popularidade.

Por isso, decide abrir sua própria igreja na Terra para conquistar fiéis. Desejando alcançar sucesso rapidamente na empreitada, decide apoderar-se de uma emissora de TV. Entra em cena a repórter Raquel (Monica Iozzi) que deseja entrevistá-lo para uma matéria exclusiva.

Buscando o sucesso, o diabo passar a apresentar um talk show chamado "Satã Night show". Uma das atrações do programa é "queimar pessoas ao vivo". Ao mesmo tempo, ensina em sua igreja que tudo que era proibido agora é permitido.

O ser humano é incentivado a realizar todas suas fantasias reprimidas. Por exemplo, a inveja é mostrada como a essência da concorrência e o que faz o mundo girar.

Estranhamente, Deus é representado como uma mulher negra (Zezé Motta)., que só está preocupada com jogos de azar, que usa para driblar o tédio. No trailer, há um diálogo entre ele e Satanás. Falando sobre a humanidade, Deus chama o Diabo de "filho" e explica: "Os homens não são fiéis. Por isso criei o cachorro!".

O roteiro do longa é baseado no famoso conto de Machado de Assis, "A Igreja do Diabo", mas se passa nos dias de hoje. Rodado em 2014, sua estreia estava prevista para o final de 2016.

Assista o trailer no link a seguir: https://youtu.be/pqPEtEDOHoQ

youtu.be
Abalado por sua baixa popularidade o Diabo (Murilo Rosa) resolve vir à Terra e fundar sua própria igreja. Os pecados são virtudes e devem ser estimulados. Ut...


segunda-feira, 3 de outubro de 2016

LIVRO/ RESENHA: O clone de Cristo, J R Lankfor


Amigos do blog Ficção Evangélica, li um livro recentemente quero compartilhar com vocês.

Não é uma ficção evangélica propriamente dita, mas tem uma temática interessante para nós cristãos.

A segunda vinda de Cristo através de um clone? Como isso se daria?

Fiz um vlog/review falando sobre o livro. Por favor assistam ao vídeo.

Abaixo deixo o link para vocês conferirem.

Forte abraço.


https://www.youtube.com/watch?v=g9PwNXEVNgA

www.youtube.com
Um livro de ficção que aborda clonagem humana e fé. No que isso vai dar? Seria possível alguém clonara a Cristo? Como isso seria possível? Conheça esse livro...


terça-feira, 20 de setembro de 2016

FILME: Protagonista de “Deus Não Está Morto” conclui filme sobre ateu que se converte



O ator Kevin Sorbo, cuja carreira ficou marcada pelo papel de Hércules na televisão, teve um recomeço de carreira em 2014. Após o grande sucesso de "Deus Não Está Morto", ele se tornou um dos grandes nomes nos filmes cristãos.



Tanto Deus Não Está Morto quanto a sequência Deus Não Está Morto II foram filmados com orçamentos pequenos e deram grandes retornos. O primeiro arrecadou mais de US$ 60 milhões e custou apenas US$ 2 mi. A segunda parte, lançada em 2016, custou US$ 5 mi e rendeu US$ 20 milhões nas bilheterias.

Ambos abordam o conflito entre as pessoas de fé e as instituições ateístas que procuram ridicularizá-los. Sorbo acabou de filmar seu terceiro filme com temática cristã seguido: Let There Be Light [Haja Luz]. Sua esposa, Sam Sorbo, foi a coautora da história que fala sobre um famoso ateu que se converte a Jesus após uma experiência de quase-morte.

Sam acredita que o novo longa é quase um "Deus não está morto 3", pois é um fruto direto. Afinal, no primeiro filme Sorbo interpreta o Dr. Radisson, professor de filosofia ateu que força seus alunos a assinarem uma declaração dizendo: "Deus está morto".

A esposa de Kevin explicou que a ideia de escrever sobre isso veio após o sucesso do marido nos dois filmes da franquia "Deus está morto". "Certo dia eu fiquei pensando: o que aconteceria se o maior ateu do mundo viesse a conhecer a Jesus?".

Para o casal, conta ela, "Foi uma surpresa entender o tanto de apoio que uma história de fé podia receber". Também causou impacto em suas vidas o encontro que Kevin teve com uma mulher em um aeroporto. Ela veio até ele e disse: "Esse filme mudou minha vida. Eu era muçulmana, mas agora sou cristã. Recentemente fui batizada com minha filha".

A roteirista diz que naquele momento entendeu: "Temos de fazer mais esse tipo de filme". Let There be Light custou 3 milhões de dólares e seu lançamento está previsto para dezembro de 2017. 

Com informações de AL e GospelPrime


terça-feira, 6 de setembro de 2016

FILME: Novo longa "Deixados para Trás" chegará em breve nos cinemas

O relato apocalíptico da série de livros Deixados para Trás, de Tim LaHaye e Jerry B. Jenkins, ganhou outra versão cinematográfica. A produção da EchoLight Studios, em parceria com Fathom Events, visa alcançar uma audiência mais jovem, por isso a aposta em uma nova roupagem.</BR>
“Vanished – Left Behind: Next Generation” [Desaparecidos – Deixados para Trás: A Nova Geração] estreia nos Estados Unidos em 28 de setembro. Ainda não há previsão para o lançamento no Brasil. Trata-se da terceira tentativa de adaptação dos livros para as telas. A primeira, protagonizada pelo astro cristão Kirk Cameron, teve 3 partes. Já “O Apocalipse” com Nicolas Cage, chegou às salas brasileiras em 2014. Nenhuma delas obteve um grande sucesso comercial.</BR>
Desenvolvido pelo roteirista veterano Dave Alan Johnson, com vários sucessos no currículo, a produção foi supervisionada por Randy, neto de Tim LaHaye, falecido recentemente.</BR>
Conforme o que foi divulgado, a aposta desse reboot é usar os moldes de filmes que apresentam sociedades distópicas, como as séries “Jogos vorazes” e “Divergente”, onde é preciso lutar pela sobrevivência e enfrentar inimigos poderosos. No release para a imprensa há uma comparação com “The Walking Dead”, embora não explique a referência.</BR>
Não há previsão de estreia nos cinemas brasileiros.</BR>
</BR>Sinopse:</BR>
Segundo o material de divulgação postado no IMDB, maior guia de filmes da internet, a história vai ser estrelada pelas irmãs adolescentes Gabby (Amber Frank) e Claire (Keely Wilson), além dos jovens Josh (Mason Dye) e Flynn (Dylan Sprayberry).</BR>
Eles testemunham o “desaparecimento” de cerca de um bilhão de pessoa no planeta e precisam descobrir como sobreviver em um mundo agora governado por um único líder, que implanta um sistema totalitário – uma referência ao Anticristo.</BR>
Os donos da produtora EchoLight também são pastores de jovens e fundadores do Ministério Download, acreditam que a aposta numa roupagem moderna não compromete a mensagem. Para eles, o filme irá “cativar e entreter o público”, enquanto ensina sobre o final dos tempos em uma perspectiva bíblica.</BR>
Nos últimos anos, diferentes seriados de TV apresentaram suas próprias versões do Apocalipse. O mais bem-sucedido deles foi Supernatural, mas the Messengers, Dominion, The Leftovers e You Me and he Apocalypse também deixaram esta geração mais familiarizada com o conceito de fim do mundo. Por isso, uma perspectiva bíblica sobre o assunto é bem-vinda. </BR>
Com informações de Assist e Gospel Prime </BR>
Assista ao trailer:
<iframe width="480" height="300" src="https://www.youtube.com/embed/PTXxbs1iF_s" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>